sexta-feira, 4 de setembro de 2009

8 comentários:

OrCa disse...

Olá.

Um nascimento aplaude-se sempre. Depois, cresce, apanha sarampo ou não, há a problemática das fraldas e tal... E cresce.

Mas, se não nascer, não é, nem há-de ser nada.

Aplauso, pois... ainda que esteja a ser mais difícil de te seguir do que aos heterónimos do Pessoa... ;-»

Beijos e felicidades para mais este.

wind disse...

Bonita.
Beijos

peciscas disse...

Os jactos de água também me encantam.
Já apanhei uns ali no pavilhão que esteve na Expo e agora está no Porto, que ficam a matar no meu "Ambiente de Trabalho".

antonior disse...

Olá, Paula!

Começa bem! O conceito é uma fotografia por dia?!

A fotografia também é uma paixão minha. Paixão que já dura há mais de 30 anos, atravessou tempos e tecnologias. Da câmara escura numa arrecadação ao computadorizado digital. No meu blog, mostro, na coluna da esquerda, qualquer coisa do que vou fazendo agora. São pequenos apontamentos, as imagens são de dimensão reduzida, mas penso que dá para perceber.

Desejo o maior sucesso neste empreendimento fotobloguístico.

Beijinhos

Lumife disse...

Grato pelo convite e aqui estou a apreciar os bons resultados da nova arte... Continua que estás no bom caminho e com uma sensibilidade para as imagens tal como a que dedicas à poesia. És especial. Bjs

pin gente disse...

juro que passava por baixo dos jactos de água. eheheh
beijos

pin gente disse...

a minha ideia também é publicar diariamente. a ver vamos!

impulsos disse...

A tua lente guardou belas imagens!